Quinta-feira, 12 de Outubro de 2006

Eu ... mulheres ... e o rabo da vaca ...

Olá pessoal desculpem a minha grande ausência mas não foi porque eu o desejasse, ou que tenha sido culpa minha. Bem até foi, pelo menos a seguradora diz que sim e alem disso também tive uns probs técnicos, que já foram resolvidos, para voltar a postar.  Volto então para grande alegria minha e também vossa ( penso eu de q ) re inicio esta nova ronda com um post que escrevi já há algum tempo a pedido de uma amiga nossa também bloguista. Mas como ela nunca o postou porque encerrou o blog, eu resolvi posta-lo aqui neste nosso espaço :) espero que gostem. 

 

Eu, parto do principio que sabem quem sou,  sou o Passodianisto , ou simplesmente o Passo, ou o Passito, e até o Passadito ... quanto s mulheres bem toda a gente sabe o que s ão, não vale a pena estar aqui a  discursar sobre algo que toda a gente conhece. É Claro que todos conceitos, ideias, até ideais de mulher s ão diferentes  de pessoa para pessoa mas numa coisa quase ( penso eu) toda a gente est á de acordo, é apenas num pequeno ponto quando se trata de mulheres. Geralmente, até as próprias mulheres o dizem ( isto é baseado num estudo cientifico elaborado por mim ao longo destes anos de trabalho, de convívio etc etc ) não  gostam de trabalhar com outras mulheres.  Não faço a mínima ideia porquê, mas é uma ideia que toda a gente ( ou quase toda ) me transmite .. – ep á /a> trabalhar com mulheres?? tu t s doido.

Pois eu até de doido tenho um pouco, ou um muito ... enfim adiante ... aqui h á uns anos trabalhei numa secção de um serviço público em Almada. Eu na companhia de 6 mulheres ( leram bem ... s ó eu mais 6 mulheres) foram 3 anos em que passava a maior parte do tempo alheado do meio ambiente, invulgarmente absorvido pelo trabalho.

Naquela secção havia de todo o género de mulher, casada, solteira, divorciada e viúva.

A casada A, que tinha um vozeirão que se ouvia nos corredores da repartição toda. Bebia não sei quantos caf s por dia e  era, como eu, dos primeiros  a chegar e é certo que assim que me via começava logo o ros á rio ...  ep á /a> ó Zeuzinho (chamavam-me Zeu .. não é que eu seja um deus grego, sou um rapaz normal)  tu viste aquela cena que a não sei quem disse??

Eu era o confidente, contava-me tudo o que se tinha passado na secção no dia anterior .

A casada B , uma rapariga recatada, o exemplo típico da mãe de família, s ó quando lhe chegava  a mostarda ao nariz é que soltava as garras ( enfim como toda a gente).

A solteira A, a típica solteirona que ficou para tia. Com ar de “Madre Teresa de Calcut á era o que as outras lhe chamavam ... juro.

A solteira B tinha alguns problemas físicos, umas limitações, mas quando tocava o clarim era a primeira a correr e então quando era a falar ninguém a calava .. que rica língua a mulher tinha s

A divorciada, assim com ares de mulher fatal, mas com montes de problemas psíquicos. Sempre muito nervosa, era a “Capacho da chefe” elas é que o diziam s

A viúva, do género viuva alegre, a nossa ilustre chefe. Cinquentona, sempre pronta para as farras, e segundo constava, fadista em solteira ... que tinha uma bela voz tinha.

Em dias em que vinha assim a pensar um pouco mais na idade levantava a saia e perguntava. –Ó Zeu ainda tenho uma bela perna?? ... ao que eu respondia que sim, que tinha uma bela moca s .. ela ria l á baixava a saia debaixo dos assobios das outras.

Um certo dia, mais concretamente no dia 14 de Fevereiro de um ano que j á não me recordo, a Viúva pergunta-me.

-         Ó zeu então o que é que a esposa te ofereceu no dia dos namorados.

-         Deu-me umas boxers brancas com umas manchas pretas ( a imitar a pele de uma vaca) , com umas barras vermelhas na cintura e nas pernas e na braguilha             ( daquelas s ó com um botaozito ). E á frente com uma imagem ( um boneco) de uma vaquinha.

-         Ai devem ser muito giras, quando as vestires tens que as mostrar.

-         Por acaso até as trago vestidas.

Logo tudo em coro .. – Mostra, mostra, mostra

Como insistiram tanto eu l á acedi, e aqui o bom do vosso amigo toca de baixar as calças. Não é que de repente ficou tudo calado e a olhar. Olhei para baixo e não é que o raio da  vaca “ estava com o rabo de fora”. Em vez de subir as calças tentei ajeitar as boxers (amigos nunca façam isso)  mas o caraças do “rabo” cada vez saia mais pela braguilha.

L á consegui, no meio de muita risada, subir as calças e garanto-vos, para quem me conhece pessoalmente, nunca corei tanta na vida como naquele dia.

 

 

 


Estou:
publicado por Passo às 11:36
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De PrincesaVirtual a 12 de Outubro de 2006 às 18:02
ahahahahah demais...mas mas diz-me as vacas não é suposto terem rabo??? Porque é que estavas tão aflito :D eheheh beijosss passito
De crowe a 12 de Outubro de 2006 às 22:00
Ah pois as mulheres! tá bem... pois... acho mal que seja retirado a alguém que ambos conhecemos os título de "coradora" e acendedora de farol do "Zeuzinho"! e depois andei eu as voltinhas e voltonas para resolver este problema técnico e te trazer de volta e tu nem postas a continuação do conto aqui da je... bem prepara-te para uma reclamações... lol! finalmente de volta... beijo
De Lobaaaaaaaaaaaaaaaaa a 14 de Outubro de 2006 às 19:35
ahahaahahhahahahahahahahahahahaa.... ahahahahahahaahaha

Ai que cena. Gostava de estar presente, não pelo rabo da vaca, mas pela situação em si. Deve ter sido o delirio daquele mulherio todo, principalmente da 'chefa'.

ahahahahahahahah...

Bom regresso e espero vir ler-te muitas vezes.

Queria pedir-te uma coisinha. Adorava publicar, no Desigual, um texto que tu um dia escreveste sobre a Loba, lembraste? Deixas?

Beijos mil em tu.
De passo a 16 de Outubro de 2006 às 10:46
claro q sim Lobita, tas a vontade :) bjokas

Comentar post

§Quase tudo Sobre Nós

§ crowe

§ Passo

§pesquisar

 

§Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

§Versus recentes

§ Momentos

§ Mais um!!!!

§ Noite

§ Tu e Eu ... Nós

§ Toca-me

§ Para uma amiga

§ Sou do campo

§ Corvo também entra ... co...

§ Aceitam-se sugestões... ;...

§ Mais um desafio

§Já em papirus

§ Dezembro 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

§ Setembro 2006

§ Julho 2006

§ Junho 2006

§ Maio 2006

§ Abril 2006

§ Março 2006

§ Fevereiro 2006

§ Janeiro 2006

§ Dezembro 2005

§ Novembro 2005

§ Outubro 2005

§ Setembro 2005

§ Agosto 2005

§ Julho 2005

§ Junho 2005

§ Maio 2005

§ Abril 2005

§ Março 2005

§ Fevereiro 2005

§ Janeiro 2005

§ Dezembro 2004

§ Novembro 2004

§participar

§ participe neste blog

blogs SAPO

§subscrever feeds