Quinta-feira, 11 de Novembro de 2004

Arena da Justiça



Enquanto te vejo chegar com lábios que entoam canções de luto.
Naufrago na reminiscência de quem se viu como um ser astuto.
Tornaste-te mão vermelha que empunha adaga assassina.
Ser morto em vida pelo meu terno amor é a minha triste sina.
Numa pena que transcende tudo o que possa ser contado.
Que já teve flores que desabrochavam com incólume pecado.
As sombras trémulas desconcertam todo o olho atento.
E faço companhia a todos os corvos num eterno lamento.
Para além da neblina ouço risos vingativos e contentes.
Que vêm em quadrigas guiadas por fantasmas dementes.
Os escudos da sua mágoa passada brilham alto ao Sol de Outono.
E aguardo a lança final que me coloque para lá do abandono.
publicado por crowe às 11:50
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Cass... a 12 de Novembro de 2004 às 14:06
Intenso! Brilhante!Escrito de uma forma unica...como so tu o sabes fazer :)
Um beijo
De A vossa bolota a 12 de Novembro de 2004 às 13:19
Confesso que vos visito frequentemente. Mas a verdade é que me sinto intimidada, receosa, incapaz de fazer qualquer comentario a tudo aquilo que escrevem com tamanha força e beleza. Admiro vos muito por terem tal capacidade.
Mano, xiça, desta vez até fiquei com dores de cabeça, está lindo. Um beijo muito grande para todos
De VinaApsara a 12 de Novembro de 2004 às 10:39
Pega nas cancoes de luto, nos lamentos, no descontentamento, na ilusao, no amor, nas sombras, na neblina, nas flores, no pecado,na magoa, nos fantasmas, nas tuas maos macias, no cheiro da tua pele, nas noites sem sono... e escreve um livro.
De pluma... a 11 de Novembro de 2004 às 16:54
utopia...confesso ke este poema está «brilhante»...adorei... é dakeles ke leio sem respirar...ás vezes acontece-me....

ke mais posso dizer... olha «juanétis» eheehe

beijo
De Coral a 11 de Novembro de 2004 às 12:56
Lindo, sem mais. Beijo
De crowe a 11 de Novembro de 2004 às 12:03
Jamais abandonado! Jamais esquecido... para sempre lembrado neste mundo ou noutro Sempre, lembrado nunca esquecido!Beijos

Comentar post

§Quase tudo Sobre Nós

§ crowe

§ Passo

§pesquisar

 

§Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

§Versus recentes

§ Momentos

§ Mais um!!!!

§ Noite

§ Tu e Eu ... Nós

§ Toca-me

§ Para uma amiga

§ Sou do campo

§ Corvo também entra ... co...

§ Aceitam-se sugestões... ;...

§ Mais um desafio

§Já em papirus

§ Dezembro 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

§ Setembro 2006

§ Julho 2006

§ Junho 2006

§ Maio 2006

§ Abril 2006

§ Março 2006

§ Fevereiro 2006

§ Janeiro 2006

§ Dezembro 2005

§ Novembro 2005

§ Outubro 2005

§ Setembro 2005

§ Agosto 2005

§ Julho 2005

§ Junho 2005

§ Maio 2005

§ Abril 2005

§ Março 2005

§ Fevereiro 2005

§ Janeiro 2005

§ Dezembro 2004

§ Novembro 2004

§participar

§ participe neste blog

blogs SAPO

§subscrever feeds