Terça-feira, 30 de Novembro de 2004

The Phoenix

My body is yours that is my firm belief.
Like the mist belongs to the pale morning.
This arms of mine that homage your smile, that loving thief.
Where born to shelter all your painful mourning.
This gutful feeling that I embrace.
With all this Milky Way in my eyes.
Sings constantly, an admirable new trace.
That I will never repay love with lies.
No joy or sorrow will mislead me from your way.
No tiredness or exhaustion can make me succumb.
While I wait for those words that are yours to say.
Because with you I Live! I am not frozen, I am not numb!
I tussle with this unlawfully and melancholic horde.
That lived too many years in this old church bell.
I haunt them with the power of this new fiery sword.
And I cage the lot in this stoutly and forgetful cell.
This is me, blaring across the smoky distance, across the sky.
“Tell my Love that she will never have to fear me absent”.
Using the trees, the wind, the leafs as my faithful ally.
“Because I am eternal, if for ever I could rest near your scent”.










publicado por crowe às 11:14
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Coral a 3 de Dezembro de 2004 às 10:19
Querido amigo ... com que então ressurgindo das cinzas??
Embora me renda aos escritos na nossa língua, admito que essa tua cumplicidade com as palavras e sentimentos é igualmente inestimável quando vertida por meio de outras linguas. Gostei muito.
E que chegem as palavras ansiadas para que o coração, enfim, das cinzas renasça ...
Um beijo
De Vina a 1 de Dezembro de 2004 às 14:47
Sabes como eu adoro a lingua inglesa. O que tu nao sabes e o quanto eu adoro os teus poemas :)
Sublime!
beijinhos.
De Espectro #999 a 30 de Novembro de 2004 às 18:34
M. Utopia [...] eu de inglês pouco entendo e do pouco que entendo nada entendo.
Não leves a mal esta minha abordagem a este post, aliás a culpa não é, nem deve ser tua [...] é minha, pois então. Eu é que tinha que entender. Porque será que não entendo a pôrra dessa língua ? Porquê .....??????? Olha, diz mas é à Crowe, que eu estive por aqui. Não te esqueças. Até depois, ou então, até já e inté.
De Crowe, a castia com erro ortografico ;) a 30 de Novembro de 2004 às 18:10
Amor pode ser Utopia meu amigo! Tal como a maioria dos sentimentos... sonhos! espero k ouças as palavras k tanto anseias porque as mereces... kando se sente não ha orgulho! mais uma vez foram sentimentos puros colocados em palavras para kem os entende e sente! gostei muito!
De PLUMA a 30 de Novembro de 2004 às 15:37
Este não me apetece ler...vou ler apenas de raspão...

Adoro a lingua portuguesa, eu sei ke inglês é a lingua de Shakespear...eu sei ke é uma lingua nobre...eu sei ke posso parecer «Pindérica» aos olhos dos «White Castels»...mas caramba o Português é a lingua de Camões, da Florbela, do nosso Bocage... por isso este so leio de raspão.
Desculpa poeta escrevi o que vai na «alma» que não é de poeta :))))
De Cass... a 30 de Novembro de 2004 às 14:28
I have always believed that love is eternal.
And I felt it in this poem...
So glad I did ! :)
Loved it my 'dear friend...
A Kiss as eternal as this poem will be...

Comentar post

§Quase tudo Sobre Nós

§ crowe

§ Passo

§pesquisar

 

§Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

§Versus recentes

§ Momentos

§ Mais um!!!!

§ Noite

§ Tu e Eu ... Nós

§ Toca-me

§ Para uma amiga

§ Sou do campo

§ Corvo também entra ... co...

§ Aceitam-se sugestões... ;...

§ Mais um desafio

§Já em papirus

§ Dezembro 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

§ Setembro 2006

§ Julho 2006

§ Junho 2006

§ Maio 2006

§ Abril 2006

§ Março 2006

§ Fevereiro 2006

§ Janeiro 2006

§ Dezembro 2005

§ Novembro 2005

§ Outubro 2005

§ Setembro 2005

§ Agosto 2005

§ Julho 2005

§ Junho 2005

§ Maio 2005

§ Abril 2005

§ Março 2005

§ Fevereiro 2005

§ Janeiro 2005

§ Dezembro 2004

§ Novembro 2004

§participar

§ participe neste blog

blogs SAPO

§subscrever feeds