Quarta-feira, 6 de Abril de 2005

Segredos III - CHARLOT & CHARLOTTE

casalquente.jpg

Como há 30 anos, quando pela primeira vez se encontrou a sós com a sua primeira namorada, Pedro, voltava, agora, a sentir a mesma insegurança e o nervosismo de então.
Tinha sido muito difícil convencê-la a encontra-se consigo.
Foi um processo longo, sempre com a mesma resposta por parte dela:
“Sou uma mulher casada, tenho uma filha de 16 anos e uma família” …
Ele, consistentemente, insistia:”
“ Eu também sou casado e nada quero de ti. Apenas conhecer a pessoa com quem tanto gosto tenho em conversar aqui na Net…”
Há cerca de 15 dias, Diana, ( “Charlotte” – seu nickname) finalmente acedeu tomar um café com ele, num sítio público, onde, se necessário, pudesse justificar a sua presença… Na “Mexicana”, disse ela, parece-me bem…
Ela era arquitecta e ele engenheiro civil. Havia por isso sempre a possibilidade de, oficialmente, a conversa ser de ordem profissional, pensou ela, antes de dizer sim ao Pedro – ( “Charlot” – no MSN)
Como não se conheciam, mesmo por fotografia, combinaram:
Ela iria de saia e casado cinzento, com blusa em tons de vermelho.
Na lapela esquerda um alfinete dourado, com uma pérola.
Tinha cabelo curto, castanho aloirado e – disse ela – “cerca de 40 anos”, mas… estava muito bem, com a vida …
Pedro iria vestido com um casaco azul-escuro, calça cinzenta clara, camisa azul às riscas, sem gravata… Não gostava de gravatas…
Faltavam ainda 10 minutos para as 4 da tarde – hora combinada – e Pedro já estava sentado, olhando repetidamente para o relógio…
Tinha ensaiado dezenas de apresentações, mas parecia que nenhuma era a adequada…
Levantou-se foi ao quiosque dos jornais em frente e comprou o “DN”. Já tinha lido de manhã o “Publico”.
Depois de ler os títulos principais, reparou que já era 4 e 10 e a Diana ainda não tinha dado sinal de si.
Atrasou-se, pensou ele, mas certamente que não iria deixar de vir…
Enquanto lia o editorial económico, alguém lhe tocou no ombro e sorrindo, disse-lhe:
“Olá João Pedro. Que fazes aqui? Então como é que está a Manela?”…
Era a Sofia Ataíde, a mulher do seu amigo, Luís Ataíde, que embora se conhecem desde os tempos do liceu, agora era raro encontrem-se.
“Olá Sofia – disse João Pedro. “ Como está o Luís e a Mariana”? … Há tanto tempo que não nos vimos”…
Enquanto cumprimentava Sofia, João Pedro pensava: E se entretanto chega a Diana?
Como vou apresentá-las? Será que Diana vai querer conversar comigo na presença de Sofia? O que é que vamos dizer um ao outro?
Começou a ficar nervoso ou mesmo em pânico, com a ideia do encontro a três…
Mas não podia dizer à Sofia para se ir embora. Não podia dizer-lhe porque estava ali.
Que situação, mais embaraçante, pensava ele, enquanto pedir 2 cafés ao empregado.
Por volta das 4 e meia, Sofia, levantou-se, agradeceu o café, deu um beijo na cara do Pedro e, quase em segredo disse-lhe:
“ Charlot”, não espere mais. A “Charlotte” não pode vir… Vai para casa e dá beijinhos à Manela….
“Temos que nos encontrar um destes dias”… “ A Mariana está já uma mulher”….
E sem nunca se voltar para trás, subiu a Praça de Londres em direcção à Avenida de Roma, onde provavelmente ainda mora.
Pedro ficou sem palavras. Mesmo que quisesse, nada conseguia dizer nada.
Só depois de Sofia se levantar ele reparou no elegante saia e casaco que ela trazia. … E aquele alfinete que, discretamente ela tirou da lapela enquanto tomava café…
Em “ estado de choque”, pediu outro café e um JB duplo…
Às 5 horas telefonaram para o atelier e disse “ Alguma novidade? Não? Então hoje já não vou a텔
Confuso e perturbado, voltou para casa mais cedo.
Manuela, a mulher ainda perguntou, olhando para a cara de Pedro:
“O que tens? Está indisposto? Porque vieste tão cedo hoje?”
Pedro limitou-se a dizer: “Hoje, não estou nos meus dias…”
E sentou-se no sofá, com a cabeça para trás, cerrando os olhos…
Como de costume por volta das 11 horas da noite, João Pedro abriu o MSN e aquele
“ busto” que habitualmente estava verde “ online”, estava agora vermelho e “offline”…
Passaram já mais de 6 meses e aquela “janela” continua fechada.
Todos os dias João Pedro pensa :
E o Luís? O que saberá o Luís?
E quando acidentalmente voltar a encontra o amigo Luís Ataíde?
Será que Diana, alias, Sofia, resistiu ao tormento de “saber guardar este segredo”?
O silencio do Luís deixou-o, até agora, a pensar que sim…


@ ML


As edições Pluma dando continuidade ao tema Segredos, publicam mais um conto de um ja célebre autor que tem tido a amabilidade de colaborar neste blog .. a foto bem . .espero que gostem :-))
publicado por crowe às 09:31
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Killi a 7 de Abril de 2005 às 13:00
Moral da história...Quantas e quantas vezes, as pessoas que nos despertam interesse estão mesmo ao nosso lado...camufladas...Descobrir qualidades nas pessoas é um exercicio que cada vez mais fazemos "escondidos" por trás de um ecrã...Vicissitudes de uma vida moderna!
Pessoalmente agradou-me o conto, quer pelo traço actual, quer pelo desfecho...Continuou a haver cumplicidade entre Charlot e Charlotte...Mas tb assusta um bocadito estarmos cada vez mais dependentes destes..."flirts" virtuais!
De ML a 6 de Abril de 2005 às 16:02
Oh Poeta, "isso" é segredo do autor...Mas como dia a Suzana... ninguém está salvo. Quem anda à chuva...
De ML a 6 de Abril de 2005 às 16:02
Oh Poeta, "isso" é segredo do autor...Mas como dia a Suzana... ninguém está salvo. Quem anda à chuva...
De susana a 6 de Abril de 2005 às 13:54
É daquelas coisas q pode acontecer a qualquer um q se aventure na net...
De pluma a 6 de Abril de 2005 às 11:37
acho este conto delicioso :))) gosteiiiiiiii beijo ML
De Passo a 6 de Abril de 2005 às 10:02
Um conto mt actual hehehe ate faz pensar se tal tera ocorrido ao autor heheh :s afinal o mundo é muito pequeno e a vida tem destas coisas, destas casualidades.

Comentar post

§Quase tudo Sobre Nós

§ crowe

§ Passo

§pesquisar

 

§Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

§Versus recentes

§ Momentos

§ Mais um!!!!

§ Noite

§ Tu e Eu ... Nós

§ Toca-me

§ Para uma amiga

§ Sou do campo

§ Corvo também entra ... co...

§ Aceitam-se sugestões... ;...

§ Mais um desafio

§Já em papirus

§ Dezembro 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

§ Setembro 2006

§ Julho 2006

§ Junho 2006

§ Maio 2006

§ Abril 2006

§ Março 2006

§ Fevereiro 2006

§ Janeiro 2006

§ Dezembro 2005

§ Novembro 2005

§ Outubro 2005

§ Setembro 2005

§ Agosto 2005

§ Julho 2005

§ Junho 2005

§ Maio 2005

§ Abril 2005

§ Março 2005

§ Fevereiro 2005

§ Janeiro 2005

§ Dezembro 2004

§ Novembro 2004

§participar

§ participe neste blog

blogs SAPO

§subscrever feeds