Quinta-feira, 9 de Junho de 2005

...

untitled24.jpg


Senti-me tocado por alguém. Uma mão que pousava suavemente no meu ombro. Viro-me e vejo uma linda mulher olhos verdes, quase da minha altura, cabelo escuro. Perguntou-me num inglês perfeito. - Escuse me can you tell me were is the Natural Museum. A minha primeira reacção foi responder-lhe em português. – desculpe mas não sou ... ela deu uma pequena gargalhada e respondeu em português. - Realmente bem dizem há sempre um português em todo o lado. Sorrimos ela tinha um sorriso deslumbrante, aliás agora que reparava bem, tudo nela era deslumbrante. Peguei no meu mapa e lá descobrimos o museu ela agradeceu e com um sorriso disse-me adeus e quem sabe até breve.
Fiquei sem saber o que fazer e quando dei por isso já se tinha sumido numa das movimentadas artérias da cidade.
Continuei o meu passeio mas ela nunca mais me saiu da cabeça durante o resto do dia, aquele sorriso, aquele olhar, a sensualidade do seu corpo. Quando dei por mim já estava na hora de regressar ao hotel. Dirigi-me ao bar para tomar uma bebida fresca pois o calor ainda se fazia sentir. Sentei no balcão, pedi um gin tónico, quando já me encontrava a beberricar senti alguém a tocar-me no ombro – É realmente há sempre um português em todo lado. Não consegui deixar de sorrir, encontrava-se à minha frente, o mesmo sorriso o mesmo olhar.
- Acompanha-me?
- Claro que bebe?
- Gin Tónico. Pediu o mesmo.
- Sentamo-nos um pouco? As suas indicações foram boas mas fizeram-me andar um pouco mais.
- Desculpa possivelmente li mal o mapa, que posso fazer para me redimir?
- Convide-me para jantar, pois detesto jantar sozinha.
- A que horas quer que a espere, pode ser aqui?
- Sim, pode claro que pode às 19?
- Cá estarei.
Janta-mos num restaurante acolhedor, a sua companhia era algo de refrescante, alem de sensual era inteligente, uma verdadeira uma em duas o que fazia a companhia perfeita. Depois fomos dançar a um dos inúmeros clubes da cidade. Bebemos um pouco mais do que a conta. Quando me convidou para dançar nunca pensei que me fosse enlaçar pela cintura, encostar o seu corpo ao meu. Senti-o quente, os seus seios duros de encontro ao meu peito, o meu corpo estremeceu. Ela respousou a cabeça no meu ombro e deixou-se ficar sossegadamente. Fiquei sem saber que fazer, estaria eu já a fazer um filme no meu cérebro, já um pouco entorpecido, quer pela companhia quer pelo álcool, seria sonho ou apenas estaria um pouco cansada do dia, da noite, ou a bebida já estava a fazer um pouco de efeito. Senti as suas mãos a acariciarem-me as costas e não resisti a dar-lhe um leve beijo no pescoço. Aninhou-se mais no meu corpo, como se tal ainda fosse possível e segredou-me.
- Volta-mos ao hotel?. Acedi e regressamos. No taxi não resisti e beijei-a nos lábios a sua
língua procurou a minha.
Chegados ao hotel, ficamos a olhar um para o outro e ela decidiu-se.
- No meu quarto.
Subimos, imerso no brilho daquele olhar que me deixava perdido e ao mesmo tempo pensativo ... será um sonho, irei acordar ... que está por detrás daquele olhar verdejante que me deixa assim sem defesa?
Com um sorriso nos lábios abriu a porta do seu quarto puxou-me suavemente pela camisa e mergulha-mos num mundo dos sentidos ... do desejo ...
publicado por crowe às 10:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De {-Sutra-} a 14 de Junho de 2005 às 22:01
Gostei da história envolvente... ;-)
Beijo doce
De Crowe a 9 de Junho de 2005 às 19:43
finalmente voltamos aso contos! beijos

Comentar post

§Quase tudo Sobre Nós

§ crowe

§ Passo

§pesquisar

 

§Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

§Versus recentes

§ Momentos

§ Mais um!!!!

§ Noite

§ Tu e Eu ... Nós

§ Toca-me

§ Para uma amiga

§ Sou do campo

§ Corvo também entra ... co...

§ Aceitam-se sugestões... ;...

§ Mais um desafio

§Já em papirus

§ Dezembro 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

§ Setembro 2006

§ Julho 2006

§ Junho 2006

§ Maio 2006

§ Abril 2006

§ Março 2006

§ Fevereiro 2006

§ Janeiro 2006

§ Dezembro 2005

§ Novembro 2005

§ Outubro 2005

§ Setembro 2005

§ Agosto 2005

§ Julho 2005

§ Junho 2005

§ Maio 2005

§ Abril 2005

§ Março 2005

§ Fevereiro 2005

§ Janeiro 2005

§ Dezembro 2004

§ Novembro 2004

§participar

§ participe neste blog

blogs SAPO

§subscrever feeds